Notícias de Fátima
Sociedade Religião Lazer Educação Desporto Política Opinião Entrevistas Como Colaborar Contactos úteis Agenda Paróquia de Fátima
PUB
Home Entrevistas Alexandre Rodrigues, director do CMAC faz balanço "muito positivo" do ano lectivo que termina

Alexandre Rodrigues, director do CMAC faz balanço "muito positivo" do ano lectivo que termina

16-07-2021
O director do Conservatório de Música e Artes do Centro (CMAC), Alexandre Rodrigues, não esconde que este ano lectivo, assombrado pela Covid-19, foi difícil.

No entanto, assegura que o balanço é "muito positivo". Contrariando todas as expectativas, o fantasma da pandemia não teve impacto na procura de alunos, que aumentou significativamente, tendo a instituição sido obrigada "a suspender a matrículas muito cedo".

"Foi um novo ano de adaptação, difícil, sobretudo para os novos alunos que tiveram o contacto com o instrumento somente no primeiro período lectivo e interromperam logo em Janeiro. Embora o Conservatório nunca tenha parado, adaptando-se com aulas utilizando as novas tecnologias, houve alguns instrumentos difícil de ministrar, como por exemplo a percussão, em que os alunos também estudavam nos instrumentos do Conservatório, tendo, devido à circunstância pandémica e as novas restrições, impedidos de se deslocarem às instalações do Conservatório que se encontravam encerradas. No entanto, os profissionais do Conservatório que demonstraram mais uma vez uma excelente capacidade de se adaptarem, desenvolvendo novas estratégias a fim de conseguir manter a motivação dos alunos e assim atingir os resultados desejáveis, conseguindo realizar técnicas de acompanhamento do trabalho dos alunos, ministrando aulas mais curtas, mas em maior quantidade, o que, surpreendentemente, na grande maioria dos casos, revelou melhores resultados", refere o director em entrevista que é disponibilizada na íntegra na edição de 16 de Julho de 2021 e onde o próximo ano lectivo também foi tema de conversa:

"Tenho boas perspectivas [para o ano lectivo para 2021/2022]. Em primeiro lugar, espero que a situação de pandemia fique atenuada ou mesmo ultrapassada. Em segundo lugar, espero que todos os novos projectos do Conservatório, nomeadamente as novas acções pedagógicas, as quais estão a ser desenvolvidas há três anos, o que irá colocar o Conservatório de Música e Artes do Centro na vanguarda educativa no ensino artístico especializado".

 

Assine o NF