Notícias de Fátima
Religião Lazer Sociedade Educação Desporto Política Opinião Entrevistas Como Colaborar Contactos úteis Agenda Paróquia de Fátima
PUB
Home Entrevistas “Ninguém foi deixado sozinho para trás”

“Ninguém foi deixado sozinho para trás”

02-07-2020
Sérgio Bregieira é coordenador da Catequese Paroquial de Fátima desde 2014. Com a inquietação que foi na vida dos catequizandos, dos catequistas e das famílias a chegada inesperada da pandemia, quisemos saber qual o balanço deste ano de catequese e, sobretudo, perceber como está a ser preparado o próximo. As inscrições e reinscrições estão a decorrer, e tudo estará preparado para que o novo ano, lá para meados de Setembro, decorra sem sobressaltos de maior, com sessões presenciais ao ar livre e sessões online. Um elemento comum marca esta conversa com Sérgio Bregieira, o sentido da esperança cristã, o agradecimento aos catequizandos, às famílias e aos catequistas

Notícias de Fátima (NF) - Apesar dos contratempos, qual a avaliação do ano de catequese que em breve termina?

Sérgio Bregieira (SB) - D. Tolentino tem uma dissertação muito interessante sobre o tempo que estamos a viver, que se tivesse de escolher um dia do Tríduo Pascal para exemplificar o que está a acontecer escolheria a Sexta-feira Santa. Porque nesse dia quando entramos numa igreja apanhamos um choque. Está irreconhecível. O sacrário está vazio de porta aberta, as cruzes tapadas, o altar nu. Tal como estão as nossas salas de catequese. E é esse tempo de vazio que estamos a viver. Mas não há Domingo da Ressurreição sem se passar pela Sexta-feira Santa e por aquilo que ela significa: o silêncio, o abandono, a capacidade de mergulhar fundo, que nos fala de um cristianismo que dói, de um cristianismo trágico, de um cristianismo que nos derrota, que nos faz prostrar.

 

Leia a entrevista completa na edição de 03 de Julho de 2020.