Notícias de Fátima
Sociedade Religião Lazer Educação Desporto Política Opinião Entrevistas Como Colaborar Contactos úteis Agenda Paróquia de Fátima
PUB

João Caldeira Heitor

3 de dezembro, 2021

Agir com racional convergência

Se recentemente se ouvia, de forma precipitada e ilusória, que o pior já tinha passado e que dentro de pouco tempo tudo voltaria a ser o que era, bastando para isso aguardar (mesmo com os 88% de cidadãos portugueses com as 2 doses), no momento em que o mundo se encontra a braços com uma nova variante da Covid-19 e em que vários países europeus se encontram em confinamento, confirma-se que não estamos imunes às novas variantes e (eternamente) condicionados pelo que acontece nesta “aldeia global”.

 

A retoma da atividade turística continua condicionada e dependente da segurança sanitária, do desenvolvimento económico mundial e da operacionalidade das empresas de transporte aéreo. Só há turismo com turistas, pelo que continuará a ser a procura turística a determinar o mercado e os destinos turísticos.

 

Conscientes de que vivemos novos tempos, que obrigam a diferentes abordagens e medidas específicas para uma nova realidade, constata-se de que não basta efetuar grandes discursos ou sustentar a ação (ou a indesejável inação) com base em comparações estatísticas do mês ou do ano anterior.

 

Urge definir programas e ações específicas que reanimem o turismo, com monitorização e acompanhamento permanente entre entidades regionais, municípios e associações empresariais, que permitam reajustamentos estratégicos, com cada um a assumir as suas responsabilidades.

 

O recente anúncio por parte da Câmara Municipal de Ourém relativamente à extensão, por mais 1 mês da “Campanha 10.001 Noites” e o lançamento de uma grande campanha publicitária, a nível nacional, com a colocação de outdoors nas principais vias rodoviárias do país, é um bom exemplo de uma medida objetiva que visou e visa dinamizar a hotelaria e a restauração no concelho de Ourém.

 

Recorde-se que esta campanha, iniciada a 1 de abril e que terminará a 30 de abril de 2022, definiu a atribuição de uma noite extra e de um voucher de 10€ para refeição no ato da reserva de uma ou mais noites em hotel do concelho de Ourém, exclusiva a turistas nacionais, com resultados objetivos na mitigação dos efeitos da pandemia.

 

Deseja-se que tal como a Câmara Municipal de Ourém (com os poucos recursos que dispõe) se encontra a desenvolver medidas concretas de dinamização da hotelaria e da restauração, as restantes entidades públicas e privadas (também dentro das suas limitações, mas num esforço conjunto), implementem outras, adicionais e de reforço deste setor económico e social.

 

Precisamos, ao mesmo tempo, de continuar a projetar e implementar medidas a curto e médio prazo que assegurem um futuro sólido e próspero. A vinda do Papa Francisco a Fátima (em 2023), aquando da realização das Jornadas Mundiais da Juventude, exigem da parte do governo os imprescindíveis investimentos governativos (requalificação viária e segurança rodoviária) e/ou a constituição de uma linha de financiamento para o efeito que permita uma atempada e objetiva intervenção pública em Fátima e no concelho de Ourém.

Últimas Opiniões de João Caldeira Heitor