Notícias de Fátima
Religião Lazer Sociedade Educação Desporto Política Opinião Entrevistas Como Colaborar Contactos úteis Agenda Paróquia de Fátima
PUB

Helena Barroso

23 de December, 2020

Afectos... em tempos de pandemia

Somos seres sociáveis e precisamos do outro para nos desenvolvermos enquanto pessoas, mesmo sem estarmos fisicamente próximos.

 

É importante mostrarmos o que sentimos e receber os afectos de quem amamos. Estamos em pandemia, e a necessidade de manter o isolamento social não pode significar distância dos afectos. Temos de usar a nossa criatividade, “se calhar” voltar a escrever cartas à mão (que saudade!)

 

Os afectos em tempos de pandemia não se podem transformar na pandemia dos afectos. Será que foi preciso passar por estes tempos difíceis para valorizar quem amamos e lhes dizer que gastamos deles?  Costumo dizer (e pensar) que mesmo nas situações negativas, algo de positivo se tira ou se aprende. Fomos obrigados a pensar formas de estar com quem gostamos e estratégias de não nos sentirmos tão sós. Estes tempos deram‑nos mais capacidade de um auto‑exame e de suportar desafios.

 

Nunca como agora pensamos tanto nos nossos, no estar próximo, no medo da perda e de não dizer o quanto gostamos deles. Expressões como “gosto de ti”, “tenho saudades tuas”, “fazes‑me falta”, “és importante para mim” e “obrigado por fazeres parte da minha vida”, talvez tenham desaparecido antes do Covid e fazem agora muito mais sentido.

 

Sentirmo‑nos sós não é uma fragilidade, é fruto da sociedade em que vivemos, das evoluções e transformações sociais e nem sempre depende de nós. O que depende de nós é aprendermos, com esta epidemia, o quanto os nossos são importantes e termos a atitude de o dizermos. 

 

Estamos em vésperas do Natal e pensei muito o que devia escrever nesta altura do ano e neste contexto pandémico. Desejo que tenham saúde, mantenham a resiliência e a capacidade de acreditar em tempos melhores. Que no vosso “sapatinho” estejam afectos, sorrisos e muita esperança!

 

Boas festas…com amor!

Últimas Opiniões de Helena Barroso