Notícias de Fátima
Religião Lazer Sociedade Educação Desporto Política Opinião Entrevistas Como Colaborar Contactos úteis Agenda Paróquia de Fátima
PUB

Helena Barroso

6 de November, 2020

Tempos de pandemia - Notas Importantes

Os sinais e sintomas da Covid-19 variam em gravidade, desde não dar sintomas (doente assintomático) até febre (temperatura maior ou igual a 38ºC), tosse, dor de garganta, cansaço, náuseas e dores musculares. Nos casos mais graves, pneumonia, dificuldade respiratória, infecção generalizada, eventual morte.

Os dados mostram que o agravamento da situação clínica pode ocorrer rapidamente, geralmente durante a segunda semana da doença.

Mais recentemente foi também verificada falta de olfacto e mesmo perda do paladar.

A Covid-19 transmite-se pessoa a pessoa, por contacto próximo com pessoas infectadas com o vírus (SARS COV-2) (transmissão directa), ou através do contacto com superfícies e objectos contaminados (transmissão indirecta).

Por contacto próximo ocorre através de gotículas que contêm partículas virais que são libertadas pelo nariz ou boca de pessoas infectadas, quando tossem ou espirram, e que podem atingir directamente a boca, nariz e olhos de quem estiver próximo. As gotículas podem depositar-se nos objectos ou superfícies que rodeiam a pessoa infectada e, desta forma, infectar outras pessoas quando tocam com as mãos nestes objectos ou superfícies, tocando depois nos seus olhos, nariz ou boca.

O vírus pode sobreviver em superfícies durante horas ou até dias se estas superfícies não forem limpas e desinfectadas com frequência. Este tempo varia com o tipo de superfície, temperatura, humidade e da carga víral que originou a exposição. Estudos revelam que o vírus se pode manter viável em superfícies como plástico ou metal até 72h e em aerossóis no máximo de 3h. Em superfícies mais porosas como o cartão, pode manter-se viável por 24h.

Em relação ao dinheiro, que muda de mãos centenas ou até milhares de vezes durante a circulação, encontrando-se entre os objectos, caso seja contaminado pelo vírus, pode servir de veículo de transmissão, mas não será a forma mais comum de isso acontecer. Sendo a higiene das mãos uma prática a ter, será aqui o mais importante.

Em relação ao clima, de momento não há evidência de que a propagação da Covid-19 diminui com o calor, na verdade ainda não há certezas acerca da forma como o clima ou a temperatura afectam a propagação do vírus.

 

Médica de Família

 

Últimas Opiniões de Helena Barroso