Notícias de Fátima
Religião Lazer Sociedade Educação Desporto Política Opinião Entrevistas Como Colaborar Contactos úteis Agenda Paróquia de Fátima
PUB

Miguel Ferreira

3 de December, 2020

O Renascimento da Águia

Das diferentes espécies de aves existentes, a águia é a que possui a maior longevidade. Vive cerca de 70 anos. No entanto, para chegar a essa idade, aos 40 anos necessita de tomar uma decisão séria e difícil. Nessa altura, as suas unhas estão compridas e flexíveis e já não conseguem agarrar as presas que lhe servem de alimento. O bico, alongado e pontiagudo, curva‑se e as suas asas tornam‑se pesadas, em função da grossura das suas penas envelhecidas pelo tempo.

 

Já se passaram 40 anos desde que a jovem águia voou pela primeira vez. Hoje, e apesar da experiência, voar é muito difícil! Nesta situação, a águia só tem duas alternativas: deixar‑se morrer ou enfrentar um doloroso processo de renovação que irá durará 150 dias. Este processo consiste em voar para o alto duma montanha e lá recolher‑se num ninho que esteja próximo de uma escarpa. Um local seguro, longe de outros predadores, de onde, para retornar, ela efectuará um voo firme e pleno. Ao encontrar este lugar, a águia começa a bater com o seu bico contra uma pedra até conseguir arrancá‑lo, enfrentando, corajosamente, a dor que essa atitude acarreta.

 

Pacientemente, espera o nascer de um novo bico, com o qual arrancará as suas velhas unhas. Com as novas unhas, ela arrancará as velhas penas. E, após cinco meses, a “Águia Renascida”, sai para o famoso voo de renovação, certa da vitória e de estar preparada para viver, então, por mais 30 anos.

 

Muitas vezes, nas nossas vidas, temos que parar e reflectir por algum tempo, e dar início a um processo de renovação.
Devemos desprender‑nos dos paradigmas limitadores e dos preconceitos, dos maus hábitos ultrapassados e que já não funcionam, de tudo o que já não é útil ou importante, para continuarmos a voar. Um voo de vitória. Somente quando livres das “ataduras”, barreiras e pesos do passado, poderemos aproveitar o resultado valioso que traz uma
renovação.

 

Destrua o bico do ressentimento, arranque as unhas do medo, retire as velhas penas das suas asas, permitindo o fluir rumo a novas estratégias, visões e pensamentos. Desenvolva e alcance um belo voo para uma renovada vida de sonhos e realizações. Este é o momento certo. Aproveite a circunstância actual. Renove‑se e adapte‑se à vida!

 

Bem hajam.

Últimas Opiniões de Miguel Ferreira