Notícias de Fátima
Religião Lazer Sociedade Educação Desporto Política Opinião Entrevistas Como Colaborar Contactos úteis Agenda Paróquia de Fátima
PUB
Home Sociedade Oposição alerta para o preço excessivo da água no concelho

Oposição alerta para o preço excessivo da água no concelho

Sociedade - 19 de April, 2021
Na última reunião do executivo camarário, os vereadores do PS alertaram para o preço da água praticado no concelho, ironizando que a água que sai das torneiras dos munícipes deve ser de ouro, tal é o seu valor excessivo, por outro lado, “vai engordando as contas de quem explora este recurso”, referindo‑se à empresa Be Water, concessionária das águas de Ourém.

Baseando‑se em investigações realizadas pela comunicação social regional, a oposição deu conta que os ourienses pagam mais, comparativamente a outros concelhos da região. Segundo uma reportagem publicada, a 9 de Março de 2021, pelo jornal digital Médio Tejo, os vereadores socialistas verificaram que, no contexto dos concelhos do Médio Tejo, a população do concelho paga “28,5% a mais no escalão até 120 m3 e 27,3% a mais no escalão seguinte”.

 

Aquele jornal digital foi ainda mais longe e introduziu no seu trabalho a analise destes custos em concelhos próximos, mas não pertencentes ao Médio Tejo (Chamusca, Golegã, Santarém, Gavião e Ponto de Sôr). “Também aqui o quadro comparativo com os ourienses é abismal”, constata a oposição, especificando: “Para o escalão de 120 m3 os ourienses pagam mais 41,7% e para o escalão de 180 m3 a diferença é de 33,4%”. 

 

Citando a edição de 12 de Fevereiro do Jornal de Leiria, onde foi publicado um trabalho idêntico referente aos concelhos do distrito de Leiria e Ourém, os vereadores socialistas observaram que somando os custos todos (água, saneamento e resíduos sólidos), “Ourém consegue fugir ao desonrado primeiro lugar; mas quando analisamos especificamente a água do concelho, mais uma vez os ourienses são os mais castigados”.

 

Entre os 17 concelhos analisados, “os ourienses pagam a respectiva água 35,1% acima da média geral”, alertam, pormenorizando: “No escalão até 10 m3 de água, os ourienses pagam 187,43 euros, enquanto a média dos restantes concelhos é de 135,71 euros (menos 51,72 euros)”.

 

Toda a reportagem está disponível na edição impressa e online de 16 de Abril de 2021.

Mais Notícias Sociedade