Notícias de Fátima
Religião Lazer Sociedade Educação Desporto Política Opinião Entrevistas Como Colaborar Contactos úteis Agenda Paróquia de Fátima
PUB

Miguel Ferreira

6 de November, 2020

Higiene Mental

Entenda-se como higiene mental um conjunto de hábitos que nos permitem ter uma saúde mental e estar em harmonia com o contexto sociocultural. As condutas que abarca têm como objectivo prevenir comportamentos negativos, proporcionar estabilidade emocional e aumentar a qualidade de vida.


Assistimos a nível mundial, a um aumento enorme do desgaste psicológico e físico, na luta contra a COVID-19. Conforme a Organização das Nações Unidas (ONU) num relatório sobre os efeitos da pandemia na saúde mental, em geral, são quadros frequentes de ansiedade e depressão associados ao stresse pelo confinamento, distanciamento social, medo do contágio, situação económica ou perda de seres queridos pela doença.


Uma boa higiene mental ajuda a prevenir condutas negativas, a alcançar o equilíbrio emocional e a melhorar a nossa qualidade de vida, bem como, capacita-nos a aprender, raciocinar, relacionar-nos com os demais, produzir, lidar com dificuldades e a dar o melhor de nós mesmos.


A higiene psicológica começa em cada um de nós. Tal como recomenda a OMS, é essencial todos cuidados das nossas emoções, adoptando uma série de hábitos para o auto-cuidado emocional. Para tal, seguem uma série de dicas:


Satisfaça as suas necessidades básicas. Esta é das primeiras coisas a fazer para obter um bem-psicológico, satisfazer as nossas necessidades fundamentais, tais como uma boa e regular alimentação e dormir adequadamente.
Cuide da sua auto-estima e aprenda a confiar. Para desfrutar de uma boa higiene mental, é importante aceitarmo-nos tal como somos. Além de ter confiança em nós próprios, também é importante ter confiança nos demais.
Gerencie as suas emoções e cultive o auto-controle. Neste aspecto é fundamental identificar as nossas emoções, interpretá-las e controlar a sua intensidade para agir de forma correcta. Nunca foi tão importante como agora, desenvolver a inteligência emocional.


Modere as suas expectativas e estabeleça objectivos concretos. Para nos superarmos a nós próprios é fundamental manter a motivação e ser perseverante. Para isso, é muito importante estabelecer metas para nós mesmos que sejam atingíveis e realistas. Desta forma, saberemos melhor lidar com a realidade. Podemos manter os nossos sonhos, aceitando a realidade, moderando as expectativas.


Pense de forma positiva e vigie as emoções negativas. Muitas vezes é inevitável que tenhamos dúvidas e medos, por isso torna-se essencial uma auto-vigilância dos seus pensamentos, para que os pensamentos negativos e derrotistas não permaneçam muito tempo na nossa percepção. Procure sobrepor com ideais realistas e favoráveis de acordo com a sua realidade actual.


Aprenda tolerar a adversidade e a relaxar-se. Como estamos a viver num momento de muita incerteza e mudança, torna-se também muito importante definir planos flexíveis para lidar com a realidade, pois poderá ser muito provável que surjam adversidades. O stresse é uma reacção natural do organismo muito útil para lidar com perigos e situações adversas. Porém, é muito prejudicial para a saúde quando se mantém esse estado permanente, causado outros sintomas físicos e psicológicos que podem agravar a nossa condição humana. Portanto, é fundamental aprender a relaxar, por exemplo, através de técnicas como o relaxamento e a meditação, caminhar ou passear ao final do dia e dialogar com alguém.


Melhore a sua vida social e apoie-se nos demais. Embora seja sugerido o distanciamento social, os seres humanos são sociais por natureza e precisam de se relacionar com outras pessoas para se divertirem e partilharem as suas preocupações. Encontre formas de compensar esta necessidade, mantendo-se em segurança.
Faça desporto regularmente. Fazer exercício físico de forma regular ajuda a refrescar a mente, manter a forma física e a reforçar a nossa saúde. Os períodos de descanso após o desporto também são importantes.


Bem hajam, e uma boa higiene mental.

Últimas Opiniões de Miguel Ferreira