Notícias de Fátima
Religião Lazer Sociedade Educação Desporto Política Opinião Entrevistas Como Colaborar Contactos úteis Agenda Paróquia de Fátima
PUB
Home Religião Inscrições para as JMJ 2022 abertas à inscrição de jovens dos 14 aos 30 anos

Inscrições para as JMJ 2022 abertas à inscrição de jovens dos 14 aos 30 anos

Religião - 11 de December, 2019
Reunida ontem em Fátima, a Conferência Episcopal Portuguesa anunciou o propósito de dirigir uma carta aos jovens, para lançar, em Abril próximo, a peregrinação da Cruz e do Ícone das Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ) de 2022, que serão realizadas em Portugal. Anunciou também que as inscrições para este que é o maior encontro internacional católico estarão abertas a participantes dos 14 aos 30 anos de idade.

“Haverá uma nota pastoral, um texto breve, uma mensagem, para iniciar o processo da entrega da cruz e do ícone, no domingo de Ramos, em Roma, pelo Papa Francisco”, disse aos jornalistas o porta-voz do episcopado português, padre Manuel Barbosa.

 

Orçamento acima dos 50 milhões de euros para JMJ 2020

 

“Daqui a dois anos e meio, um país que tem dez milhões de habitantes vai contar com um a dois milhões de jovens vindos de todo o mundo”, garantiu em Novembro D. Manuel Clemente na conferência de imprensa de encerramento da Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa, realizada em Fátima, a propósito da próxima Jornada Mundial da Juventude. 

 

“Atendendo ao que tem acontecido nas outras jornadas, o orçamento será para cima de 50 milhões de euros”, clarificou o também cardeal patriarca de Lisboa e presidente do Comité Organizador Local da JMJ 2022, que disse esperar que “uma boa parte” do investimento seja reembolsado através das inscrições dos jovens participantes.

 

A organização criou uma fundação própria, para angariar e administrar “escrupulosamente” os fundos da JMJ, referiu ainda D. Manuel Clemente.

 

“(A JMJ) É uma realidade como nunca tivemos em Portugal, na Igreja e na sociedade, e é bom que todos tenham consciência disso”, afirmou o cardeal de Lisboa que destacou que esta primeira edição internacional de uma JMJ em Portugal significará um grande “esforço logístico” e um “desafio” às autoridades religiosas e civis.

 

Portugal recebe os símbolos da JMJ no Domingo de Ramos

 

A Cruz de madeira e o ícone de Maria, símbolos das JMJ, serão entregues no Vaticano pelo Papa Francisco a uma representação com 200 a 300 pessoas de todas as dioceses portuguesas.

 

Os símbolos percorrerão depois todas as dioceses de Portugal, em calendário ainda não divulgado, mas com D. Manuel Clemente a admitir que a peregrinação dos símbolos possa estender-se a algumas dioceses espanholas e de África.

 

Anunciadas para o Verão de 2022, em Lisboa, as JMJ 2022, contarão com iniciativas de antecipação - as chamadas Pré-Jornadas - em todas dioceses do país.

 

Fotografia: JMJ Panamá 2019, onde foi anunciado que Lisboa seria a sede da próxima JMJ, em 2022. Créditos: DR

Mais Notícias Religião